Connect with us

GARANTIR PRÁTICA DE NATAÇÃO NOS OITO DISTRITOS DE MAPUTO

Por: ATANÁSIO ZANDAMELA
Foto de Arquivo

Levar natação – pura em águas abertas – aos oito distritos da província de Maputo é o principal desafio da recém-constituída Associação de Natação da Província de Maputo (ANPM), que tem no deputado da Frelimo, Edmundo Galiza Matos Jr., primeiro presidente. O dirigente, que foi eleito há uma semana, destaca nesta entrevista o facto de a província ter no geral grande potencial porque, para além de puder recorrer às piscinas para natação pura, tem possibilidade de optar por águas abertas.. – Que informação tem para começar a trabalhar para que haja natação na província de Maputo? – Não temos estatísticas feitas ou que sejam do nosso conhecimento, mas entendemos que a maior parte de piscinas que existem em estabelecimento escolares, comerciais, residências e/ou condomínio pelo país estão em Maputo. Aliás, Maputo já teve piscinas em empresas como Cimento de Moçambique, Açucareira de Xinavane e em clubes como o da Namaacha, o que de certa forma coloca nos como potência, ainda que adormecida. Maputo tem parte significativa de rios para casos de natação em águas abertas. Estou a falar dos rios Tembe, Unbeluzi, Incomáti, Matola e, a par disso, tem parte significativa da costa ao nosso dispor e posso lembrar, por exemplo, as diversas praias dos distritos de Matutuine, Macaneta e outras lagoas onde se regista, inclusive, prática da natação, o que mostra que deste ponto de partida podemos fazer alguma coisa. Aquilo que pretendemos é potenciar os nadadores que já existem e que trabalham de forma isolada, identificar e acompanhar os novos talentos.

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

+ Lidas da semana

More in NATAÇÃO