Connect with us

REPORTAGEM

HIDROELÉCTRICOS SEM VITÓRIAS EM DOZE MESES NAS AFROTAÇAS

HIDROELÉCTRICOS SEM VITÓRIAS EM DOZE MESES NAS AFROTAÇAS

A União Desportiva do Songo realizou oito jogos nas Afrotaças no período de Novembro de 2018 a Novembro de 2019, tendo registado seis derrotas e dois empates. No ano passado os hidroeléctricos, que vinham da participação na Fase de Grupos da Taça CAF, prova disputada após fracassar na primeira fase da Liga dos Campeões e de ter eliminado o Al-Hilal Orduman, do Sudão, foram surpreendidos pela decisão da Confederação Africana de Futebol (CAF) de mudar a sua época desportiva, assemelhandoa à da Europa.

Recorde-se que nesse período, devido ao patamar atingido anteriormente pelo Ferroviário da Beira na Liga dos Campeões, na disputa da Fase de Grupos Moçambique ganhou direito de inscrever quatro nas competições africanas, mas apenas a União Desportiva do Songo esteve disponível para representar o país na fase preliminar da Liga dos Campeões, que foi marcada para a última semana de Novembro do ano passado, a primeira “mão”, e o segundo jogo na primeira semana de Dezembro. O sorteio da CAF ditou a equipa zambiana do Nkana FC, também conhecido por Nkana Red Devils, adversário dos hidroeléctricos.

O técnico Nacir Armando, que acabava de se sagrar campeão nacional, segundo título consecutivo para os hidroeléctricos, sentiu a necessidade de reformular o plantel, deixando de fora Mano, Mustafá, Butana, Manga, Eusébio, Emanuel Etim, Nhaminga, João Martins e Pedro Timbe, este último devolvido ao Ferroviário de Maputo. Lau King também saiu nessa altura para tentar a sorte no Amora FC (Portugal).

Por: Joca Estêvão
Fotos de Fernando Muteto
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

+ Lidas da semana

More in REPORTAGEM