QUE O BARULHO NA PATINAGEM E NO VÓLEI TENHA UM FINAL BREVE E FELIZ

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

As modalidades de patinagem e do voleibol vivem um momento conturbado devido a contestação/ protesto verificada no processo das eleições dos novos órgãos sociais nas respectivas federações. Em circunstâncias diferentes, ambas modalidades viram-se forçadas a ter de continuar com as mesmas direcções, cujo mandatos já tinham terminado. Do lado da família da patinagem, Nicolau Manjate viu-se forçado a prosseguir como dirigente máximo, enquanto Kalid Cassam liderará por mais tempo, não se sabe até quando, os destinos do voleibol.

No caso da patinagem, o barulho dura a mais tempo. Volvidos mais de cinco meses após a realização do pleito eleitoral , Eneas Monteiro Comiche, eleito presidente da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP), continua a não poder tomar posse, depois de o candidato derrotado, Nelson Costa, ter submetido uma providência cautelar por alegadamente terem existido irregularidades nas eleições de 27 de Novembro. Sabe-se que Nelson Costa contesta o facto de o processo eleitoral ter “atropelado” a Lei do Desporto, ao permitir que os membros fundadores votassem; por não ter havido abertura para que as associações ora criadas exercessem o direito de voto, entre outros pontos que considera ilegais. Mas, conforme deu a conhecer a Mesa da Assembleia, através de um comunicado publicado há três semanas, o processo corre os seus trâmites legais no Tribunal Judicial e só resta mesmo aguardar por dias melhores.

Na mesma casa da justiça corre o processo do voleibol, que ao contrário do da patinagem nem sequer chegou à fase das eleições. Os desentendimentos surgiram ainda na altura da submissão das candidaturas, isto porque a Mesa da Assembleia reprovou a candidatura de José Saltiel por alegadamente este ter a submetido após o prazo de entrega, facto que gerou uma onda de contestação da parte do concorrente visado e da Associação Provincial de Nampula, que suporta a sua candidatura.

Ivo Tavares

Publicidade
DStv

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo