Connect with us

ENTREVISTA

TEMOS QUE REMAR PARA O MESMO LADO

TEMOS QUE REMAR PARA O MESMO LADO

O moçambicano Zuneid Sidat, administrador da SAD do Amora FC, de Portugal, esteve recentemente de visita ao país e desafio não perdeu a oportunidade para trocar impressões para se inteirar do trabalho exercido no clube, que na época passada teve no seu plantel os futebolistas Geraldo, Gildo, Genny, Bruno Langa, Nibras e Abel, estes dois últimos saídos do Black Bulls e que fazem parte da selecção Sub-20 de Moçambique.

Recorde-se que quando Zuneid Sidat projectou-se no futebol inseriu-se no mundo do agenciamento de jogadores, tendo contribuído para o salto para outras paragens de alguns jogadores moçambicanos.

Entretanto, dada a sua ocupação actual, que absorve uma boa parte do seu tempo, decidiu-se por abandonar a actividade de representar os atletas e diz mesmo que “não renovei a
licença de agenciamento. Posso dizer que abandonei o agenciamento. Vou dando alguma ajuda aos jogadores que já estavam sob meu controlo, porque não os posso abandonar. Sempre que precisam de auxílio estendo-lhes a mão. Faço isso mesmo na situação de reencaminhá-los para outros empresários que considero correctos porque nem todos são de confiança”, disse Zuneid, acrescentando que “posso ser mais útil ao futebol moçambicano estando no Amora do que como empresário”, sublinhou.

Por: Joca Estêvão
Fotos de Arquivo
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

+ Lidas da semana

More in ENTREVISTA